Essências do Mundo

Pages

sábado, fevereiro 27, 2010



Caminhos abertos
Desejos liberados
Quando a mente está em liberdade
Liberdade de si mesmo
Omissão e se sentir oprimido jamais
É como subir numa cela de cavalo
E sentir o leve e sulbito vento
Acariciando-te o rosto e lambendo teus cabelos
Te inebriando com um
Cheiro de brisa leve
Vivas então a metafórica vida
Porque ela há de ser bela
Não olhes pra trás
Nem tenhas medo dela
Cavalque pelos lindos e
Calmos bosques de vossa mente
E produza as mais livres atitudes
Das mais profundas grandezas
Não há o que temer
Não há porque evitar a vida
Apenas entregue-se!!!
Assim como andar num cavalo
A vida te mostra vossa paisagem
Todos dias
A bela e também a feia
Mas o que seria se não houvesse a feia ora!
Monótono seria
Precisa-se da diversidade
Alegre-se pois
Com o balanço da vida...
2 Comentários

2 comentários:

Fha Amil Aruom disse...

Diversidade e todas nossas limitações, rumando passo a passo para nossa ascensão, sem isto não viveriamos esta aventura chamada vida, de onde dela, jamais sairemos vivos. Que possamos aprender uns com os outros e tornarmo-nos mais sábios...
Obrigada por ensinar-me um pouco mais!!!

Sucesso!
Beijos

Essências do Mundo disse...

Fico muito feliz em saber que aprendestes um pouquinho comigo Fha!!!
Abraços

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

Hmm... Como é boa a hora do soninho...

O amor é tudo o que se tem de melhor na vida!!!

Seguidores

O amor é companhia fiel e aconchego seguro...

Mãe Te Amo Muito.... Infinitamente/Eternamente...

Maquiagem é tudinho de bomm!!!

Maquiagem é tudinho de bomm!!!
Ocorreu um erro neste gadget

Quem sou eu

Minha foto
Eu sou a Rozy, a eterna menininha ás vezes doce ás vezes amarga mas que sabe reconhecer seus erros e pede desculpa, que não vive de padrões e sim de próprios conceitos que já magoou e foi magoada mas que não guarda para si rancores nem as dores do mundo pois estas para ela são curadas apenas ao ver um belo amanhecer com raios de amarelo ouro reluzindo sob seu rosto que acha que nada é por acaso que acredita em DEUS seu refúgio em todos os momentos que gosta do aroma do mar que faz da areia da praia o seu mais aconchegante leito que ama sem limites que acredita no poder do BEM que se embriaga com o cheiro da chuva leve cheiro de vida é a Rozy que de pequenos momentos faz relíquias de VIDA...